Conceitos em Cultura

Listando alguns conceitos para ver se eu entendi bem a bagaça.

Cultura Popular: é um tema bastante abrangente. Além de possibilitar uma série de manifestações artísticas (dança, música, festa, literatura, folclore, arte, gastronomia, etc.) por onde o chamado povo se manifesta, tem também diversas origens (geográficas, religiosas, crenças, hábitos, tradições, influências políticas e sociais, etc.). Por isso, as tentativas de definição são conflituosas, contraditórias, híbridas. Algumas questões podem influenciar no que consideramos como cultura (diversidade étnicas, regionais, de gênero, sexuais, socioeconômicas, etc).

Hibridismo Cultural: Talvez hoje não faça mais sentido falar sobre cultura popular e cultura clássica. As coisas estão todas muito juntas e misturadas para conseguirmos diferir diferentes qualidades de cultura. Dizer que uma é mais rebuscada ou importante que outras parece ser de uma presunção chata e classista. (é opnião, não definição)

Cultura Visual: conceito um pouco complicadinho. Segundo a Wikipédia, “área que, sobretudo, procura entender os aspectos visuais como fonte de transmissão cultural”. Colocar que cultura visual é tudo o que é visual me parece bem errado. Estudos abrangem a filmologia e os estudos sobre televisão, mas também inclui video-games, HQs, mídia artística, publicidade, internet (acho infelizmente que Instagram entra aqui). Destaca a importância dos modos de ver e da da experiência visual.

Cultura Digital: como sou um pouco velho de computadores e internet, vou tentar uma definição intuitiva da mesma. Acho que a cultura digital é o conteúdo criado por unidades informáticas. Desde os filmes antigos a rolo e as câmeras já tinham um quê de digital, pois eram capturadas e “editadas” usando técnicas modernas (para a época). Veio com um maior impacto com a popularização dos computadores pessoais, e a criação de conteúdos através de programas digitais (word, power point, corel draw, Photoshop), ou mesmo ASCII Art (criação de imagens usando caracteres, únicos possíveis nos primórdios dos chats de antigamente.

Exemplo de ASCII Art – Retirado de http://www.asciimation.co.nz/

Um maior impulso foi dado com a internet, onde houve uma multiplicação dos criadores de conteúdo (nos primórdios, com os Fotologs da vida). Depois, com a disseminação dos smartphones todos podem criar imagens e vídeos, acrescentando muito para a cultura visual definida acima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *